Claro que tem!

Para perceber isto, basta pensar que os tradutores não trabalham com palavras isoladas.

Traduzimos frases, parágrafos, textos…

Ora, tentem lá imaginar uma frase qualquer com a palavra “saudade” lá pelo meio que seja impossível de traduzir. Digamos que essas frases impossíveis estão ao nível dos unicórnios voadores…

Claro que “saudade” será traduzida de diferentes maneiras em diferentes frases. Pode até ser preciso escrever muitas palavras para traduzir aquilo que, em português, é dito apenas e só com “saudade”.

Mas é esse o trabalho dos tradutores, que são gente muito mais criativa do que se diz por aí — e muito habituados a resolver problemas, mesmo que o problema seja a palavra que todos dizem ser impossível de traduzir.

Estou certo que em nenhum livro traduzido do português apareceu um espaço em branco com a indicação: “aqui estava uma palavra que é impossível de traduzir”.


Um outro artigo sobre o mesmo assunto:

View story at Medium.com

O meu livro mais recente é A Baleia Que Engoliu Um Espanhol (Guerra & Paz, 2017). Sou ainda autor de A Incrível História Secreta da Língua Portuguesa e Doze Segredos da Língua Portuguesa. Saiba mais nesta página.