Certas Palavras

Livros, línguas e outras viagens

Categoria: Notícias (Página 1 de 4)

Convite: a Baleia chega a Peniche

É já esta quinta-feira: A Baleia Que Engoliu Um Espanhol chega a Peniche — donde, aliás, nunca saiu, não é verdade?

Quem quiser dar uma voltinha a essa terra no meio do mar será muito bem-vindo. Até pode dar um saltinho a Atouguia da Baleia e ficar a conhecer o osso da dita baleia… Ou, se quiser, vá até à praia — também fica muito bem servido.

O livro será apresentado às 21h30, dia 3 de Agosto, na Feira do Livro, no Clube Recreativo Penichense. A apresentação — organizada pela Câmara Municipal de Peniche e pela Associação Juvenil de Peniche — também está no Facebook:

Volta à Galiza com a Língua Portuguesa

Durante a próxima semana, irei andar pela Galiza a falar sobre a língua e a apresentar os meus dois livros: Doze Segredos da Língua Portuguesa e A Incrível História Secreta da Língua Portuguesa. Quem leu os livros, sabe que têm muito a ver com a Galiza — que é um dos segredos da língua portuguesa e cenário de alguns episódios da Incrível História.

A Galiza é também a terra de muitos amigos e óptimos leitores e é sempre um prazer passar a fronteira e continuar a falar na nossa língua.

As datas são:

  • EOI de Pontevedra, dia 20, 19:00
  • EOI de Lugo, dia 21, 20:00
  • EOI de Ferrol, dia 22, 19:00
  • Livraria Ciranda, Santiago de Compostela, dia 23, 20:00

Será uma semana de muitas palavras (e muitos quilómetros). Mal posso esperar para conversar com todos os interessados na nossa língua — e claro que também vou aproveitar para passear um pouco por essas terras galegas de que gosto tanto.

Já agora, os «culpados» por estas visitas são o Valentim Fagim, que teve a ideia e pôs tudo em marcha, a Loaira, da Livraria Ciranda (aproveitem para visitar a página desta livraria dedicada aos livros portugueses no coração de Santiago de Compostela), e ainda os professores de Português Maria J. Sola Bravo (EOI de Pontevedra), Maurício Castro (EOI de Ferrol) e Uxio Outeiro (EOI de Lugo). Muito, muito obrigado!

A Incrível História Secreta da Língua Portuguesa

Para começar o ano, um novo livro. Desta vez, conto a história da nossa língua como se fosse um romance.

Acompanhe uma celta e um romano aos beijos, um amigo de Afonso Henriques à procura de mou­ras encantadas, Gil Vicente a perseguir um homem perigoso pelas ruas de Lisboa, uma coleccionadora de livros a fugir numa carroça para Amesterdão, Camões ao murro por causa duma dama da corte e muitas outras aventuras de que é feita esta história da língua portuguesa, recheada de deliciosas sur­presas e um toque de humor…

O livro estará nas livrarias no dia 18 de Janeiro, mas até dia 16 a editora Guerra e Paz tem uma campanha de pré-lançamento, com 30% de desconto.

Uma prenda de Natal: um curso sobre o corrector ortográfico do Word

Neste Natal, decidi oferecer uma prenda a todos os assinantes deste blogue: um pequeno curso online sobre como evitar erros ortográficos no Word.

O curso inclui as seguintes aulas:

  1. Perigos do corrector ortográfico do Word
  2. Como evitar que o Word se esqueça de corrigir partes do texto
  3. Como evitar que o Word se esqueça de corrigir as palavras em maiúsculas
  4. Como aplicar (ou esquecer) o Acordo Ortográfico
  5. Como ensinar o Word a corrigir os nossos erros habituais
  6. Como usar os nossos olhos como corrector ortográfico
  7. Como usar o travessão e o hífen

Se ainda não for assinante do blogue, pode inscrever-se de imediato e irá receber em poucos segundos uma mensagem com a ligação para o curso:

Se já for assinante, pode encontrar a ligação para o curso na coluna da direita da mensagem que recebeu no dia 19 de Dezembro com os últimos artigos deste blogue.

Espero que goste da prenda — e do blogue, claro! E já agora, se não se importar, peço um pequeno favor: partilhe esta oferta pelos seus amigos… Obrigado!

10 números deste blogue

banner-1183443_1280

Este é um blogue sobre palavras. Mas não fica mal, de vez em quando, falar um pouco dos números:

  • 468 artigos (este é o 469.º);
  • 912 rascunhos (99% nunca verão a luz do dia e muitos não passam de duas ou três palavras);
  • 2 anos (e meio) de actividade contínua;
  • 268 115 palavras escritas;
  • 573 palavras por artigo, em média;
  • 286 938 leituras em 2016;
  • 851 leituras por dia, em média, em 2016;
  • 3500 assinantes por e-mail;
  • 9100 seguidores no Facebook;
  • livro (por enquanto).

Feliz Dia do Tradutor!

felizdiadotradutor

Já agora, não percam a sessão de comemoração na FCSH.

Dia do Tradutor | Aula Aberta

Esta sexta-feira, comemoramos o Dia de São Jerónimo, que por isso mesmo é também o Dia do Tradutor. Para lembrar esse dia, haverá uma aula aberta na FCSH/NOVA, com participação de tradutores, professores de tradução e empresas da APET. O tema será o valor da tradução e vamos falar de tradução literária, tradução empresarial, tecnologia de tradução e muito mais.

A aula começa às 14h, termina às 16h, será no Auditório 2 da FCSH — e é aberta a todos os interessados.

Até sexta!

moon-design-studio-co-presents

Os segredos da língua no Canal Q

Falámos dos segredos da língua, de tradução, de teatro — e da Joana d’Arc reencarnada numa árvore. No fim, até a Gisele Bündchen apareceu. Foi o É a Vida Alvim de ontem.

Primeira parte

Segunda parte

Curso de Gestão de Projectos de Tradução na FCSH

banner_site_EV2016

Durante a próxima semana, irei dar um curso presencial de 25 horas sobre gestão de projectos de tradução integrado na Escola de Verão da FCSH/NOVA.

O curso está pensado para tradutores que queiram melhorar os seus procedimentos de trabalho ou iniciar uma carreira na gestão de projectos.

As inscrições fazem-se no formulário online da Escola de Verão.

Aqui ficam mais informações sobre o curso:

CURSO DE GESTÃO DE PROJECTOS DE TRADUÇÃO

Datas: 5 a 10 de setembro | segunda a sexta das 18h00 às 22h00 e sábado das 10h00 às 14h00 | Avaliação (opcional) das 15h00 às 16h00 de sábado

Docente: Marco Neves

Áreas: Línguas, Literaturas e Culturas

Creditação para professores dos 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário

A gestão de projectos é uma peça fundamental no mundo da tradução actual. Mesmo um tradutor individual deve conhecer técnicas e ferramentas de gestão de projectos que permitam organizar os seus projetos de forma a não falhar prazos, a garantir qualidade e a tirar partido dos recursos à sua disposição.

No âmbito de uma empresa de tradução, o gestor de projectos é a face da empresa perante o cliente e é ainda quem garante que os projectos são feitos com a qualidade e a rapidez exigidas. Deve gerir os recursos à disposição da empresa de forma rápida, eficaz e de acordo com aquilo que o cliente pretende, sem nunca perder de vista as exigências de qualidade linguística e de tradução. Assim, as empresas de tradução dão muita importância à formação ou experiência em gestão de projectos ao formar as suas equipas.

Programa

  1. O que faz um gestor de projectos?
  2. O que é necessário saber para gerir projectos?
  3. O que é um projecto de tradução
  4. Como gerir o tempo
  5. Como gerir a informação
  6. Como gerir clientes
  7. Como gerir as equipas de tradução
  8. Gestão de qualidade
  9. Gestão financeira dos projectos de tradução
  10. Os perigos da gestão de projectos
  11. Como gerir o gestor de projectos
  12. Ferramentas e recursos para gestores de projectos

Os segredos da língua no céu e na imprensa

Antes de mais, um desafio: há umas semanas, para comemorar o Verão, propus aos leitores dos Doze Segredos da Língua Portuguesa que fotografassem o livro num lugar bonito.

Já recebi participações magníficas — mas penso que ninguém se importa se der destaque a esta foto nas alturas…

PENICHE

Se já vi o livro em sítios onde nunca fui (na Índia e em Timor Leste, por exemplo), esta é uma foto bem caseira: as mãos que seguram o livro são do meu avô Manuel e as mãos que seguram o avião são do meu tio Nuno. E reparem na península de Peniche, onde nasci, ali atrás… Aliás, se olharem com muita atenção conseguem ver a minha avó Leonor a dizer adeus à porta da mercearia. (Ah, e a casa dos meus pais está na foto, mas por baixo do avião.)

Quem quiser participar, não se esqueça de partilhar a foto na página dedicada ao livro, no Facebook. Porquê? Porque em Setembro, depois das férias, tenho uma surpresa para os autores de duas das fotos (escolhidas à sorte, claro está).


Espero que os leitores deste blogue não se importem que lhes dê notícia das palavras simpáticas que leio sobre o livro — afinal, quem escreve um livro gosta que saber que há quem o leia e goste… Pois a semana passada os segredos não só andaram nas alturas, como também foram muito bem tratado em dois artigos de imprensa.

Na Time Out Lisboa, Helena Soares dá-lhe quatro estrelas e escreve, entre outras palavras muito simpáticas:

«Este livro podia chamar-se “Manifesto contra a Arrogância Linguística”, porque é isso que ele de facto é, mas felizmente Marco Neves não parece estar aqui para despiques. O que quer é que os portugueses estejam em paz com a sua própria língua, que a usem sem medo e sobretudo sem medo de erros que nem sequer existem; e ainda nos dá recomendações de óptimas leituras de referência no fim de cada tópico e um capítulo final com boas ideias para treinar a escrita.»


Já no Público, na edição de 12 de Agosto, Nuno Pacheco também escreve sobre o livro, ao fazer uma viagem pelos livros sobre a língua dos últimos meses:

«Este ano, foi preciso chegar a Abril para encontrar novo título: Doze Segredos da Língua Portuguesa, de Marco Neves (Guerra & Paz, Abril de 2016). Não é um dicionário e será também para ler de uma ponta à outra, como um romance. Fala de erros, sim, mas também diz que alguns não são erros. De certo modo, insistindo no bem falar e bem escrever, é como um oásis no martírio dos que, lendo os anteriores, começam a julgar-se analfabetos. […] É a partir de alguns aparentes contra-sensos e alguns lugares-comuns que o autor vai desfazendo mitos sem perder de vista o essencial: a defesa da língua. O que implica ler muito. Ler mais. Errar e corrigir. Conversar. Brincar com as palavras. Falar com os filhos. Aprender outras línguas.»


Bem, se por esta altura ainda houver algum leitor deste blogue que não tem os Doze Segredos da Língua Portuguesa em casa, nunca é tarde de mais. Aqui está a ligação para uma página onde pode encomendá-lo.

Página 1 de 4

Powered by WordPress & Autor do grafismo: Anders Norén

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close