1. Os livros dão-nos tempo. Com um bom livro na mão, nunca perdemos tempo: numa fila, no autocarro, parados na rua à espera de alguém — tudo é bom sítio para ler e ganhar esse tempo que, de outra forma, ficaria perdido para sempre.
  2. Os livros saciam-nos a curiosidade. Somos uns animais muito curiosos. Ora, para lá da curiosidade superficial do dia-a-dia, há aquela curiosidade profunda que nos leva a querer saber cada vez mais sobre o mundo e o universo. Os livros são muito bons a alimentar essa curiosidade. Com um livro da mão, podemos descobrir os segredos do universo, mesmo quando estamos sentados num café, no burburinho da cidade.
  3. Os livros fazem-nos viver mais. Não estou a falar de viver mais tempo, embora até possa dar-se o caso de os livros nos permitirem viver mais anos (não faço ideia). Estou a falar de viver mais com os anos que temos. Podemos mesmo dizer que os livros nos dão mais vidas: ficamos com a vida que temos e as vidas que lemos, com todas as aventuras, problemas e experiências que nunca viveríamos doutra forma.
  4. Os livros ajudam-nos a descansar. Estranhamente, as mentes curiosas só descansam quando estão a aprender algo de que verdadeiramente gostam. Por isso, os livros são o descanso dos cérebros insaciáveis.
  5. Os livros dão-nos algumas horas de felicidade. Há quem diga que é quase impossível provar que os livros nos tornam pessoas melhores. Talvez. Mas quem gosta de ler concordará que, se não nos tornam melhores pessoas, os livros dão-nos, pelo menos, um pouco de felicidade em certas horas dos nossos dias. Já não é nada mau.

Já que está por aqui, aproveite para assinar este blogue e receba, gratuitamente, artigos sobre livros, línguas e outras viagens: