Palavras perigosas: concisão, dicionário.

dictionary-698538_640Dizem por aí que a concisão é uma qualidade. Ora, eu que me espraio em lençóis sem fim aqui pelo blogue, quero ver se consigo escrever pouco e dizer alguma coisa. Para isso, aqui estão as regras deste meu novo dicionário: uma pergunta no título, uma ou mais palavras perigosas e um pequeno comentário que não pode ultrapassar um parágrafo. São regras para respeitar e, às vezes, ignorar (afinal, a primeira delas já não a estou a cumprir, vejam lá isto bem). Ah, mas tenho de admitir: acho a concisão muito perigosa. Gosto muito de olhar para os vários assuntos de ângulos diferentes, não apresentar certezas só porque sim. Acho que faz falta pensar demoradamente. Faz falta dizer que pode ser assim, mas talvez assado, ou ainda cozido. Depois, avançar algumas conclusões, mas sempre com cuidado. Enfim, isso sou eu. Também sei que é muito bom dizer poucas e boas. Sabe bem e apetece, às vezes, dizer o que se pensa sem grandes digressões. Veremos como me saio.