1. Escrever para chegar a algum lado

small-driver-867577_640«O dia em que comecei a ter verdadeiramente prazer em conduzir foi quando o meu instrutor me disse: “hoje tenho de ir aos Olivais comprar uma peça para a minha Harley-Davidson!” Sim, íamos a um sítio específico, com um objectivo concreto. E lá fomos, comigo ao volante. Lembro-me do prazer que foi esse momento em que ele deixou de lado as instruções esmiuçadas do costume: põe a mudança, faz pisca, olha pelo espelho. Não: disse apenas onde queria ir e eu fui. O básico da condução já eu sabia: agora tinha de começar a ir onde é preciso.» [Ler mais.]

(Continua.)