Cada um tem as suas manias — e as línguas são, sem dúvida, uma grande mania minha. Julgo que tudo começou por volta dos 13 anos, quando ganhei uma fixação estranha por uma língua muito próxima mas muito desconhecida da maioria dos portugueses: o catalão (hei-de vos contar a história). Depois desse primeiro amor, fiquei muito atento a tudo o que rodeia o tema da diversidade linguística. Acabei, quase naturalmente, por tirar Línguas na faculdade (português-inglês). Depois de um mestrado em literatura, segui uma vida profissional dedicada às línguas: fui tradutor freelancer de inglês e espanhol e acabei por criar uma empresa de tradução. Vim ainda a dar aulas de prática da tradução de espanhol na FCSH e estou agora a tirar um doutoramento em Estudos de Tradução, sem deixar (obviamente) a actividade profissional. Por isso, sim, as línguas são uma mania minha — e o meu material de trabalho. Achei por bem, assim, criar um site dedicado a esse amor intelectual. Espero que gostem.

linguas

Logo do Ano Europeu das Línguas (2001)