Certas Palavras

Livros, línguas e outras viagens

Os livros são caros?

Claro que a resposta só pode ser o irritante «depende». 

Depende da pessoa, da carteira, do livro… 

Mas Antonio Muñoz Molina tem muita razão quando diz isto no El País:

Con un libro que puede haberte costado menos que una cerveza tienes la posibilidad de horas extraordinarias de inmersión en un mundo que será todavía más deslumbrante y más saludable para ti.

É verdade que é difícil encontrar livros que custem menos que uma cerveja. Mas também é verdade que há por aí edições bem baratas de grandes autores. E podem não acreditar, mas um livro do Eça (por exemplo) pode ser bem melhor que qualquer bebida ou espectáculo ou jantar… Vão por mim.

(O artigo do El País é este: «La risa de Eça de Queiroz». Vale a pena ler o prazer com que o escritor espanhol reencontrou Eça num hotel de Lisboa…)

O meu livro mais recente é A Baleia Que Engoliu Um Espanhol (Guerra & Paz, 2017). Sou ainda autor de A Incrível História Secreta da Língua Portuguesa e Doze Segredos da Língua Portuguesa. Saiba mais nesta página.

Anterior

O golo do Éder em muitas línguas

Próximo

O tesouro que escondemos dos espanhóis

1 Comentário

  1. Se falarmos de livros de segunda mão, podem ser mesmo muito mais baratas que uma cerveja num bar noturno.
    Se falarmos do movimento Bookcrossing.com, então a cerveja fica completamente KO. 😉

Deixe uma resposta

Powered by WordPress & Autor do grafismo: Anders Norén

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close