PORTO

Eu, lisboeta adoptado e apaixonado pela minha cidade, confesso que gosto muito do Porto. Já lá passei umas boas temporadas e volto sempre com prazer.

Pois, o que por aí se vê mais é gente que não consegue desligar o seu cérebro tribal: se falamos do Porto, têm sempre de comparar com Lisboa e declarar a sua absoluta preferência pela sua cidade.

Porque o mundo divide-se entre os que X e os que Y, não é? Entre os que preferem Lisboa e os que preferem o Porto… Entre os que gostam mais de cães e os que gostam mais de gatos. E por aí fora. Não conseguimos pensar doutra maneira.

Ora, até podemos preferir isto ou aquilo, mas não será possível apreciar a beleza duma cidade sem ter de a comparar de imediato com outras?

A todos os lisboetas tribais, fiquem lá com o vídeo que encontrei aqui: