foto_capaO livro Doze Segredos da Língua Portuguesa foi escrito para quem se preocupa com o português e, ao mesmo tempo, não quer ficar preso a mitos e ideias-feitas sobre a língua.

  • Sabia que andam a circular por aí erros que não são erros?
  • Sabia que as crianças precisam de muitas pa­lavras para crescer bem?
  • Sabia que há uma relação entre o acordo orto­gráfico e a guerra na Ucrânia?
  • Sabia que a palavra «saudade» não é impossí­vel de traduzir?
  • Sabia que todos os portugueses têm sotaque?
  • Sabia que o português e o galego estão tão próximos que, às vezes, se confundem?
  • Sabia que os palavrões fazem bem (mas não convém abusar)?

Se desejar, pode encomendar o livro no formulário abaixo. Será contactado pela editora para receber a obra em casa, com um autógrafo.



Marco Neves explica-nos, em linguagem muito directa, muito confrontadora, e por isso muito estimulante, como o idioma funciona, como os mitos à volta dele se desenvolveram, como há, nestas matérias, sempre uma surpresa onde julgávamos já tudo dito. — Fernando Venâncio, no Prefácio.


E a escrita… a escrita é um encanto, fluida, ágil, com aquele tom certo entre o pessoal e o formativo, com humor q.b. e uma ponta de indignação quando é necessário. — Ana C. B., Gene de Traça.


E depois, claro, há a escrita em si, que, muito longe do tom mortalmente sério de alguns livros mais académicos, torna a leitura mais leve e a assimilação das ideias mais fácil e divertida. Aliás, há exemplos ao longo do texto que, além de facilmente arrancarem uma gargalhada, tornam mais fácil, pelas suas peculiaridades, assimilar a ideia que lhes está associada. Com uma perspectiva mais aberta, um conjunto de ideias e de exemplos muitíssimo interessantes e um olhar cativante sobre a história (e os hábitos) da língua portuguesa, a impressão que fica é, pois, a de um livro diferente e com o qual se pode aprender muito. Vale, por isso, muito a pena conhecer estes Doze Segredos da Língua Portuguesa— Carla Ribeiro, As Leituras do Corvo